Por unanimidade o Tribunal Regional Eleitoral, manteve a cassação do prefeito municipal de Chaves, Ubiratam de Almeida Barbosa (PDT) por compra de voto. Receberam a mesma sentença o vice-prefeito e uma vereadora do município.