No apagar das luzes do governo vermelhinho, a SETRAN entregou o novo trapiche em SSBV. Pois bem, depois de algum tempo sobre a administração da prefeitura , o espaço já começa a ser alvo dos vândalos. Pudera! Só agora é que colocaram dois “trapicheiros” pra tomarem conta do local. Na parte comercial, dos 4 quiosques construídos, apenas 1(um) está ocupado, ou melhor, alugado pela quantia de R$ 240,00 mensais.

Se era pra continuar a bagunça do embarque e desembarque de cargas e passageiros em seus portos particulares, qual a finalidade da reforma do trapiche municipal ?
Com a palavra os responsáveis!