O Tribunal de Contas da União (TCU) condenou Dilson Silva Farias, ex-gerente de inspeção de agência dos Correios em Muaná (PA), a devolver R$ 32.079,78, atualizados, por não recolher recursos públicos federais, referentes a um assalto à agência.
A Polícia Federal recuperou R$ 16.252,30 dos R$ 72.980,89 furtados da agência. O valor foi entregue a Farias, que não devolveu aos cofres dos Correios. Ele ainda terá de pagar multa de R$ 7 mil ao Tesouro Nacional em 15 dias. A cobrança judicial da dívida foi autorizada. Cópia da documentação foi encaminhada à Procuradoria da República no Pará para adoção das providências cabíveis. Cabe recurso da decisão. O ministro Raimundo Carreiro foi o relator do processo.

Serviço: Acórdão nº 4813/2009 – 2ª Câmara; TC – 025.265/2008-1