Infomação no site do ministério da saúde de (06/12) dá conta de que foram suspensos repasses para ESF, ESB e ACS de municipios de 24 estados. Dos 16 municipios paraenses, 3 são no Marajó.

Bagre perdeu repasses de 1 equipe de saúde da família (ESF),; 1 equipe de saúde bucal (ESB) e de 4 agentes comunitários de saúde (ACS).

Curralinho perdeu repasses 1 (ESF) e de 1 (ACS);.

São Sebastião da Boa Vista perdeu repasses de : 1(ESF), 1(ESB) e de 16 (ACS)

A medida faz parte da ação de fiscalização e transparência sobre aplicação dos recursos da Atenção Básica e é realizada sempre que o Ministério da Saúde identifica irregularidades por parte das secretarias municipais de saúde, responsáveis diretas pela execução dos programas.
A transferência dos recursos é restabelecida assim que os gestores locais comprovarem ao Ministério da Saúde que as inadequações foram solucionadas.