Após acidente ocorrido com o caminhão que transportava a carne abatida no Matadouro Municipal, o prefeito do município, Guto Gouveia, do PR, arcou com o prejuízo (usando dinheiro público|) de aproximadamente 30 mil reais e mandou enterrar a carne que, de acordo com vistoria feita pelos técnicos do município, estaria imprópria para o consumo. Um grupo de moradores sabendo da localização do descarte , se dirigiu ao local e desenterrou a carne, levando várias arrobas para casa.
Com informações do Movimento Luta Marajó.