Para ampliar o conhecimento das ações de vigilância sanitária voltadas para inspeção em indústrias de beneficiamento de palmito em conserva, a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), por meio do Departamento Estadual de Vigilância Sanitária, promove, de terça a quinta-feira (26), a oficina sobre inspeção em indústrias de beneficiamento de palmito em conserva, no Laboratório Central do Estado (Lacen).
 A técnica da Divisão de Controle de Qualidade dos Alimentos, Suely Ribeiro da Silva, informa que a oficina “abrangerá todas as etapas do processo com identificação de riscos que possibilitem interferência na qualidade sanitária do produto ofertado à população, integrando conhecimentos das vigilâncias sanitárias regionais e municipais como forma de buscar ação conjunta para as fiscalizações com objetivo de sensibilizar, efetivar e fortalecer a descentralização das ações de Vigilância Sanitária”.
 No contéudo programático da atividade, destacam-se o processo de industrialização do palmito em conserva, desde a colheita da matéria-prima até a expedição do produto pronto.; o fluxograma do processamento, curva de acidificação, preparo da salmoura, higienização dos toletes, envase e aditivos ou coadjuvantes usados; tratamento térmico de conservas: parâmetros da pasteurização e esterilização comercial, equipamentos usados, controles e registros de operação, recravação de latas, controle da recravadeira, fechamento de vidros e teste de fechamento.
 A oficina também abordará leis e portarias pertinentes ao assunto, de forma a defender a saúde do consumidor, evitando que os produtos de origem animal e vegetal possam sofrer contaminação por microorganismos prejudiciais a saúde humana. Mais informações sobre inscrições para a oficina podem ser solicitadas pelo pelo telefone 4006-4283.

Fonte: Agência Pará