Com o objetivo de conscientizar barqueiros e passageiros sobre os riscos de acidentes em pequenas embarcações, a Coordenação Estadual de Mobilização Social da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) intensificou, neste mês de julho, as ações de prevenção e combate ao escalpelamento.

A campanha de verão acontece em várias localidades do Estado e as atividades incluem distribuição de material educativo e orientação sobre os cuidados para evitar acidentes de escalpelamento, principalmente nos municípios com maior incidência. A equipe trabalha em conjunto com as cidades mais procuradas pelos veranistas. Eles também recebem a colaboração de entidades e sociedade civil.
 Segundo a coordenadora estadual de Mobilização Social, Socorro Silva, no período de férias aumenta o número de pessoas que utilizam pequenas embarcações. Ela disse que a campanha foi elaborada estrategicamente para orientar o maior número de pessoas. Socorro Silva ressaltou a importância de se manter o eixo do motor sempre coberto. Ela orienta que ao entrar em um barco com o eixo descoberto, os cuidados devem ser redobrados, principalmente com as crianças. “É aconselhável que as pessoas não tirem água e nem peguem nada no chão do barco, sem que o motor esteja totalmente desligado”, observou.
 De acordo com a coordenadora, a maioria dos casos ocorre com mulheres, por isso, cabelos compridos devem estar presos. “Só vamos acabar com acidente de motor com escalpelamento se nossas mulheres tomarem os devidos cuidados com seus cabelos”, afirmou.
A campanha de verão já alcançou os municípios de Cametá, Bragança, Curralinho, Portel, Vigia, Igarapé-Miri e Abaetetuba. Neste fim de semana as atividades acontecem nos municípios Moju, Breves, São Sebastião da Boa Vista, Marapanim, Curuçá e Ponta de Pedras. 

Continue lendo AQUI

Fonte: Agência Pará