O blog solicitou junto à assessoria de comunicação da COHAB, esclarecimentos sobre oo cronograma de execução e entrega do residencial. Abaixo, reproduzimos na íntegra.

Caro Flávio

Em resposta à sua solicitação , a Cohab esclarece que:

O Residencial Celina Pereira, com 150 unidades habitacionais tem como agente financeiro a prefeitura do município de São Sebastião da Boa Vista. A parte que cabe à Cohab, competiu a concessão de parte dos recursos financeiros para a construção das unidades habitacionais, o que já foi liberado nos dois primeiros meses do cronograma físico-financeiro, por meio do Cheque Moradia. O restante da contrapartida seria fornecido pelo município em forma de bens e serviços com a implantação de arruamento e infra-estrutura, além de indicar os beneficiários e lhes outorgar a escritura definitiva do lote ofertado. Ocorre que, muito embora a construtora tenha dado andamento à construção das unidades habitacionais, os serviços referentes à execução da infraestrutura não tiveram o mesmo avanço, ou seja, não houve por parte da prefeitura de São Sebastião o cumprimento do que havia sido acordado. Em uma reunião realizada dia 20/04/2010 na sede da COHAB, o Senhor Getulio Brabo de Sousa, Prefeito do município, se comprometeu a retomar as obras a partir de junho/2010, justamente no início da estação de verão. Passado esse prazo, os serviços não foram reiniciados, o que motivou uma correspondência enviada em 31 de agosto de 2010, pela Cohab, na qual se reitera a conclusão dos serviços de responsabilidade da Prefeitura, não tendo a mesma se pronunciado até a presente data. A COHAB, prevendo as dificuldades que teria a Prefeitura para executar os serviços, solicitou ao Agente Financeiro a prorrogação do prazo de construção, que foi concedida para a data de 30/04/2011. Informamos ainda que os recursos da contrapartida fornecida pela COHAB através do Cheque Moradia (Credicasa) não fazem parte do PAC, compondo consequentemente o orçamento do Estado. Informamos ainda que em agosto de 2010 foi enviado ao Promotor de Justiça de São Sebastião da Boa Vista, Franklin Lobato Prado, todos esses esclarecimentos acima descritos, em atendimento a uma solicitação da Promotoria de Justiça do Município em questão.

Rosa Borges Ascom Cohab