Aos que me acusam e aos que me incentivam….

Meu Caro Flavio

Eu nunca deixei de me informar sobre o Marajó em seu espaço, apenas só comento o que acho justo e que na minha visão pode contribuir com o que publicas.
O maior complicador que tenho para comentar algo é um estalo chamado “inspiração”, pois falar por falar ou falar denegrindo ou elogiando gratuitamente não faz bem para minha biografia nem me presenteia com o direito de ver publicado o que escrevo.
Se algumas pessoas que te mandam comentários tivessem os mesmos princípios éticos que tenho você nunca teria parado de publicar os comentários.
Sua postura correta porem errônea de deixar de receber opiniões raivosas, direcionadas ou mentirosas já que bastava você não publicar eu não entendi no primeiro momento, porem depois eu entendi sua mensagem:

“Neste espaço eu tenho o direito de reconhecer mudanças de caráter, mudanças de posturas e de mudar minha opinião, e independente de qualquer coisa continuar publicando o que acho correto sem me importar com as conseqüências animosas imaginadas em situações abstratas que tentam tornarem-se concretas através de comentários, pois agora não os recebo mais,contudo no dia em que entenderem que sou coerente e justo, no dia em que não me for cobrado eternizar postura em relação ao A ou ao B eu voltarei ao direito do complemento e do contraditório desde que estes sejam íntegros e pertinentes ao publicado independentes de serem em prosa, verso ou chacota” 

Eu te confesso sua situação é difícil, no dia em que você disser que aquilo que era pau agora é pedra alguns irão pensar que você se locupletou para ter esta nova definição, pois a capacidade de raciocinar que apenas a madeira petrificou não existe para os que realmente se locupletam!
Agora se alguém questionar ajuda financeira em troca de publicidade que vá questionar o Barack Obama , afinal ele é mais importante que você, recebe ajuda financeira em troca de porra nem uma e ninguém diz nada, com um agravante lá a suprema corte não refresca os 90 anos da mãe de um juiz!

MCB