Foram prorrogadas até o dia 3 de maio, as inscrições para o Programa de Vivência Estudantil Camponesa (Procampo). Criado em 2008, o programa foi pensado com o objetivo de integrar estudantes das universidades públicas do Pará com a realidade das comunidades camponesas do estado, assentamentos de reforma agrária, comunidades juntamente com seus atores sociais: pescadores, coletores, indígenas, ribeirinhos e quilombolas. Poderão participar alunos de instituições públicas de ensino superior de qualquer área do conhecimento.
O Procampo é uma ação do governo do Pará, por meio da Casa Civil, que conta com a parceria da Universidade estadual, Universidade Federal do Pará (UFPA), da Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra), incluindo, também, os movimentos sociais do campo e da cidade, professores, núcleos de pesquisa, cooperativas e associações de agricultores familiares dos municípios onde programa é trabalhado

FONTE: Agência Pará