Para a comunidade ribeirinha do Pirarucu em Bagre, no Marajó, o último sábado (19) foi um dia de festa. Com missa, feijoada, campeonato de futebol, corte de cabelo, mutirão de cidadania para emissão de documentos, atendimento médico e odontológico.
Todos esses serviços foram oferecidos pela prefeitura que esteve na comunidade para inaugurar a escola São João, à quarta escola que o prefeito Gordo entrega na Zona Rural, e até o final do próximo ano serão mais cinco. Na cidade todas as escolas foram reformadas e ampliadas, além disso, mais uma escola de ensino fundamental foi criada (Inês Maia), com tudo isso o número de crianças na escola já triplicou.
A nova escola é uma conquista na vida de todos os moradores do Rio Pirarucu, especialmente para as crianças que agora tem condições dignas para estudar. Segundo o secretário municipal de educação, Edvan Pessoa, tudo era feito de forma improvisada em um malocão coberto de palha e sem paredes, o quadro negro estava cheio de buracos e a merenda era preparada em um fogareiro no chão.
Gordo tem dito que a educação é prioridade na sua gestão, o prefeito pretende elevar o nível do ensino municipal, e para isso vem investindo em obras e, sobretudo, na valorização dos professores. O município de Bagre foi pioneiro no Pará em colocar dois professores por sala de aula (Programa Professor em Dobro), são mais de setenta universitários que trabalham como professores adjuntos. Hoje os professores recebem 14 º e 15º salário, fato inédito no município.
Durante a cerimônia de inauguração, o prefeito Gordo recebeu diversas homenagens da comunidade, e com a voz embargada foi aplaudido enquanto citavas as realizações do Governo Municipal. As próximas escolas que serão entregues pela prefeitura na Zona Rural são nas comunidades: Vila Nova, Mocajatuba, Vila Boa Vista, Vila Cabo Dico e Rio Taquari.

Diego Pereira – Ascom/BAGRE