A ONG Imazon fez o primeiro levantamento da retirada de madeira ilegal na Amazônia, publicada ontem na “Folha”. O estudo mostra que o desmatamento sem autorização legal atinge 89% da área que sofre exploração de madeira no Estado do Pará.
Foram 372.594 hectares de floresta explorados sem autorização da Secretaria de Estado de Meio Ambiente do Pará (Sema), dos quais 284.414 hectares estão em dez municípios.
A Amazônia é vasta, mas a exploração ilegal fica concentrada em regiões. É possível combater. Acima, o ranking dos dez municípios recordistas.