O BNDES aprovou financiamento de R$ 5,2 milhões para a restaurar a sede da Diocese de Ponta de Pedras, em Belém, no Pará. O objetivo é preservar o edifício, construído no fim do século XVIII, em arquitetura colonial, um dos maiores patrimônios do centro histórico. O prédio será adaptado como um hotel-escola para promover capacitação de profissionais de turismo.

O hotel-escola Quinta de Pedras, terá 60 quartos e como público do curso de qualificação jovens da Ilha do Marajó, território que faz parte da Diocese. Para o BNDES, trata-se de uma ação pioneira, de apoio – com recursos não reembolsáveis do Fundo Cultural – a um empreendimento hoteleiro sem fins lucrativos, voltado a formação e capacitação profissional.

Fonte: ancelmo.com