Comandante do policiamento regional do Marajó oriental, com sede em Breves, o coronel PM Josafá gostaria de ser ouvido pelo secretário de Segurança Pública, Geraldo Araújo, acerca da colocação de bases flutuantes para combater o tráfico de drogas, contrabando e prostituição infantil. O governo pensa em ampliar e equipar a base de Candiru, no estreito de Óbidos, e colocar nova base entre o Marajó e o Amapá. Essa base daria cobertura a Afuá, Breves e outros municípios. Para Josafá, esse tipo de ação é Curralinho, passagem obrigatória de todas as embarcações para Belém, Manaus, Santarém e Macapá.

FONTE: Diário do Pará