INDIOS MARIOCAY

Índio é cristão
É brasileiro, é Índio, é gente
Índio é dono desta nação
Minha homenagem aos índios Mariocay
Povo esquecido que habitava este lugar
Minha viola sei que vai me acompanhar
Pois, eram eles os donos de Gurupá
Sua cultura e sua fé não eram vãs
Eram tementes e adoravam o Deus tupã
No dia-dia partilhavam entre irmãos
Com a mais simples e perfeita oblação
Tinham o peixe, tinha a caça e a madeira
Grande riqueza era a força da união
Santa mãe-terra dava tudo para eles
Com a mais linda e amorosa perfeição
Chegaram os brancos pra fazer a ocupação
Tomaram tudo e os mandaram pro sertão
Os que ficaram foram presos e escravizados
Índio moreno tem saudades deste chão
Os homens brancos lutaram para mudar
Moveram ações para tudo transformar
Para esconder toda maldade e traição
Diziam que índio era bicho e não cristão
De Mariocay só um colégio e uma praça
Nem uma estátua ou retrato pra mostrar
Essa é a história de um povo da nossa origem
Que nasceu livre e não existe mais em Gurupá

Edgar Pantoja de Souza -Poeta