Cerca de 300 pessoas, entre lideranças de Povos de Matriz Africana, Comunidades Culturais Afro e de Remanescentes de Quilombos de dez municípios e de vários movimentos negros urbanos da Região Metropolitana de Belém estiveram reunidos na tarde desta quarta-feira (22), na sede do Império Pedreirense, para discutir propostas e reafirmar o apoio à candidatura de Márcio Miranda ao Governo do Estado. A prefeita do Acará, Amanda Martins, também prestigiou o evento e declarou apoio à campanha Ficha Limpa. Também estiveram presentes vereadores de vários municípios e o senador e candidato à reeleição, Flexa Ribeiro.
 “Esta causa é muito importante para a população dos nossos municípios. Abraçar a causa quilombola é algo que reforça nossa identidade e o respeito que temos com as pessoas. Isso está no projeto de Márcio Miranda e este é um dos motivos que nos leva a apoiar e defender a candidatura de Marcio Miranda governador”, destacou Amanda Martins.

Durante o evento, foi entregue um documento do movimento, solicitando atenção especial para políticas públicas de defesa dos direitos dos negros e comunidades remanescentes de quilombos. “O Pará foi o Estado que mais titulou terras quilombolas e isso é resultado de um trabalho que iniciou ainda com Almir Gabriel, com o programa Raízes e pude ajudar ainda no Parlamento. Temos que aprofundar isso e vamos seguir com esse trabalho. Além dessa importante questão, temos no nosso plano de Governo muito claro que vamos trabalhar com políticas públicas e no combate à toda forma de discriminação ou preconceito. Esse é um ponto fundamental”, destacou Marcio Miranda.
 Liderança de religião de matriz africana, o Pai Inaldo de Oxossi, presidente do Instituto Afro Brasileiro Imaculada Conceição, de Ananindeua, disse que tem confiado nas propostas e na conduta de Márcio Miranda. “Acho muito importante ter um candidato que nos veja, nos ouça e nos dê voz. E esse compromisso eu sinto no Márcio Miranda”, disse Pai Inaldo.

“Como participante do movimento negro, quero políticas públicas e uma atenção especial para quem vive, enfrenta e resiste contra o preconceito. E percebo que o Márcio Miranda tem essa capacidade de ajudar a juventude a buscar mais oportunidades na sociedade”, declarou Thiago Freitas, militante do movimento negro.

Fonte: Imprensa MM25