Já faz tempo que escuto sobre a história política do ex-prefeito de São Sebastião da Boa Vista, Láercio Pereira (foto). O companheiro Láercio, como muitos boavistenses o chamam, apesar de não ser “orgânico” do Partido dos Trabalhadores, partido com o qual conseguiu se eleger por duas vezes ao executivo municipal, encarnou a doutrina petista e vem conduzindo a legenda no município com mãos de ferro. A confiança depositada pelos conterrâneos boavistenses em um novo modelo de gestão, iniciado em 2005, vem pouco a pouco perdendo a força. As demandas de décadas de abandono patrocinadas pelas gestões demo/tucanas, não foram solucionadas. Não relacionarei neste momento estas demandas, mesmo porque, a população e nossos leitores sabem do que estamos falando.
Pois bem, sem a esperança e fortemente inclinada à mudança, a comunidade boavistense deve por um fim na prática coronelista do “pereirismo”. Pra piorar a situação, pro lado do Sr. Laércio Pereira, nos últimos meses as contas de seu governo e de seus apadrinhados, são alvo do TCM e CGU.
O TCM reprovou as contas dos fundos de saúde e assistência social do ano de 2007 e a CGU, em uma “visitinha”, detectou aberrações fraudulentas em convênios federais com o MS-Ministério da Saúde (FUNASA) e com o MEC- Ministério da Educação.
Em outros tempos, estas notícias não teriam função desmoralizadora, mas hoje, com os meios de comunicação atuantes, não será possível conseguir que estas denúncias caiam no esquecimento.

Reage São Sebastião da Boa Vista, reage Marajó !!!!!!