Sumanos, domingão ensolarado no Marajó. Hoje é dia de música de qualidade. Mostro à vocês, Ednardo, aquele do “Pavão Mysteriozo, Lembram?

Ednardo é o nome artístico do cantor e compositor brasileiro, nascido no Ceará, José Ednardo Soares Costa Sousa (Fortaleza, 17 de abril de 1945).

Iniciou a carreira na década de 1970 ao lado de seus conterrâneos Fagner, Belchior e Amelinha. Ednardo é compositor e autor de mais de trezentas e cinquenta obras e canções[carece de fontes], entre as quais a canção “Pavão Mysterioso”, tema da novela Saramandaia. Letra e música composta no tempo da repressão e ditadura militar no Brasil. Gravada em 1974, o grande público teve conhecimento em 1976, após a música ser incluida como abertura da novela “Saramandaia”. Esta música possui mais de 20 regravações, é considerada sagrada pelos índios do Xingu nos rituais religiosos, tem regravações na Europa orquestrada por Paul Mauriat; por grupos chilenos (Inti-Aymará e Nacha), por Elba Ramalho, Ney Matogrosso, por bandas de rock e maracatu, e muitos outros A composição seria mais tarde adotada como hino do orgulho GLS, Também usada por outros tantos como hino à liberdade, a beleza humana e sua capacidade de realizar a vida acima das aparentes impossibilidades. Todos estes fatos ampliam a música em todos parâmetros e a coloca como uma das fundamentais na obra de Ednardo, junto a outras, tais como: “Terral”, “Ingazeiras”, “Beira-Mar”, “Artigo 26”, “Enquanto Engoma a Calça”, “Longarinas”, “Ímã”, “A Manga Rosa”, “Flora”, “Carneiro” etc, formando um precioso conjunto de obras deste artista.
Ednardo é casado com Rosane Limaverde com quem tem quatro filhos: Joana Limaverde, Julia Limaverde, Gabriel Limaverde e Daniel Limaverde.