Profissionais da Educação do município de Muaná, na Ilha do Marajó, estão desde a manhã de hoje (18) acampados na frente da prefeitura reivindicando o pagamento de seus salários do mês de outubro, que por lei teria que ser pago até o 5º dia útil de novembro.
De acordo com os representantes do movimento grevista, o dinheiro do FUNDEB caiu normalmente no mês de outubro, e não entendem o motivo de tanto atraso.
Em vias de ser cassado pela Câmara Municipal sob a acusação de desvio de recursoS da Saúde, o prefeito Murilo Guimarães se esquiva e não dá explicações.
Com a palavra a administração municipal de Muaná.