Divulgação: Policia Civil

Uma ação conjunta das polícias Militar e Civil resultou na prisão de uma mãe acusada de torturar a própria filha de oito anos, no município de Muaná (PA), nesta quinta-feira, 19.
 O conselho tutelar recebeu denúncias de que Andreza Pacheco Corrêa agredia e torturava a criança por motivos de ciúmes do seu novo namorado. Quando resgatada pelos agentes, a menina estava com ferimentos no rosto e costas e visivelmente abalada psicologicamente.
 A acusada foi autuada pelo crime de tortura na delegacia de Muaná. O pai da menina foi preso durante a operação Resgate Marajó, sob acusação de abuso sexual de outra filha de Andreza. Ele está custodiado no Centro de Triagem Metropolitana II, em Santa Izabel do Pará.

Fonte: ROMA NEWS