Quem não se lembra do assassinato da irmã Dorothy em Fevereiro de 2005? Este caso se repercutiu no Brasil inteiro, inclusive fora do Brasil por ela ser americana e naturalizada brasileira.
Um documentário em que conta os bastidores do julgamento do assassinos da irmã Dorothy. Ela que ficou conhecida como (o anjo da Amazónia) recebia diversas ameaças, mas nunca se deixou intimidar, mas infelizmente a morte foi inevitável.
A irmã Dorothy Stang, de 73 anos, foi brutalmente assassinada. Activista na defesa do meio ambiente e das comunidades carentes exploradas por madeireiros e donos de terra na Amazónia, a freira americana foi morta com seis tiros no interior do Pará. O documentário revela os bastidores do julgamento dos assassinos de Dorothy e investiga as razões de sua morte.
O sarcasmo dos advogados de defesa dos mandantes do crime, é revoltante.
Abaixo, assita o trailler do filme, com narração de Wagner Moura.