O projeto dos Pontos de Cultura foi criado pelo Ministério da Cultura (Minc), através do Programa Cultura Viva, criando novos espaços para o incentivo e acesso à cultura através de repasses de recursos para instituições que atuem na produção artístico-cultural no Estado.

Os projetos deveriam propor, em seu conteúdo objetivo, o desenvolvimento de ações continuadas em pelo menos uma das áreas de Culturas Populares, Grupos Étnico-Culturais, Patrimônio Material, Patrimônio Imaterial, Audiovisual e Radiodifusão, Culturas Digitais, Gestão e Formação Cultural, Pensamento e Memória, Expressões Artísticas, e/ou Ações Transversais.
No marajó os projetos aprovados foram:

BAGRE: ASS. REMANESCENTES DE QUILOMBOLAS DE TATITUQUARA SÃO SEBASTIÃO AJARA E BOA ESPERANÇA
PROJETO: “ARQUITA FAZENDO ARTE”

SOURE: GRUPO DE TRADIÇÕES MARAJOARA CRUZEIRINHO
PROJETO:”PONTO DE CULTURA CRUZEIRINHO”

PORTEL: ASS. PORTELENSE EM FAVOR DA CIDADANIA E DO MEIO AMBIENTE, PROJETO: “PONTE DE CULTURA RIBEIRINHA DO MARAJÓ”

PONTA DE PEDRAS: AMAM: ASS. MUSICAL ANTONIO MALATO,
PROJETO: MÚSICA MARAJOARA

Os pontos selecionados têm 30 dias para entregar a documentação referente ao convênio no Protocolo da Secult ou pelo correio para o endereço da secretaria: Av. Magalhães Barata, 830, CEP: 66063-640. Caso a instituição não apresente a documentação em tempo hábil, a Secult convocará os projetos suplentes classificados nas mesmas regiões de integração.
Informações sobre a seleção dos Pontos de Cultura no telefone: 4009 8712 – 8234 6418 (Zhumar) ou no e-mail: pontosdeculturapa@yahoo.com.br.
FONTE: SECULT