Alunos da EscolaMúsica de Santa Cruz do Arari, na Vila do Jenipapo, estão entre os artistas que integram o Mapa das Artes

O Mapa das Artes no Pará, realizado pelo Instituto de Artes do Pará (IAP), já cadastrou cerca de 3 mil novos artistas, no maior banco de informações sobre as artes já realizado no Estado. Entre os novos artistas cadastrados, aproximadamente 530 são músicos identificados na Região Metropolitana de Belém, no Arquipélago do Marajó e no Baixo Amazonas. O Mapa das Artes tem como objetivo registrar e disponibilizar informações sobre artistas, grupos artísticos, espaços culturais e institutos de arte e cultura no Pará.
 Só na Região Metropolitana de Belém, são cerca de 180 novos registros. “Esta é uma prova de que o Pará é um Estado muito artístico, com uma cultura diversificada e, especialmente, um Estado muito musical”, afirmou a coordenadora do Mapa das Artes, Terezinha Lima.
 Para fomentar a produção musical no Estado, a Fundação de Radiodifusão do Pará (Funtelpa), desenvolve durante todo o ano uma política pública de divulgação desses novos artistas, para “oxigenar a produção musical do Estado”, segundo a presidente da Funtelpa, Adelaide Oliveira.

Continue lendo …

Fonte: Agência Pará