Ontem (18) o Jornalão dos Barbalhudos (Diário do Pará) trouxe em sua matéria de capa, a famigerada expansão da malária no arquipélago marajoara. Muito me espanta a preocupação dos agentes difamatórios do PMDB em relação à saúde no estado. Há pouco, os pemedebistas estavam comandando a SESPA e nada fizeram pra amenizar este problema. Pois bem. A malária,problema endemico que não encontra uma solução viável, já serviu e sempre servirá de fonte de renda para muitos mercenários. De Anajás à SSBV a doença se propaga em uma velocidade alarmante. As equipes de endemias municipais, sem apoio e muitas das vezes sem vontade mesmo, precisam desempenhar um melhor combate. o IEC, a 7ª CRS, a SESPA, a FUNASA, o Bispo Azcona, a Madre Tereza de Caucutá, sei lá…. Alguém precisa dar um jeito nisso !