Parece brincadeira ou excesso de burocracia; mais a lancha da Polícia Militar do Estado do Pará, que fazia o combate às ações dos famigerados “piratas” que agem nos rios de Breves, está a mais de um ano fora de operação. Problemas no motor inviabilizaram o funcionamento da mesma.

Porém, me pergunto, mais de um ano para comprar e trocar peças e fazer a manutenção da Lancha de Ação Rápida (assim que ela é chamada) ???

Segundo o comandante do batalhão de Breves, o trabalho nos rios não parou, devido a ajuda de enpresários e comerciantes do município que alugavam pequenas embarcações para a PM continuar as operações de combate à pirataria.
O Comando-Geral em Belém, informou que as peças já foram compradas e no máximo, eu disse no máximo na semana que vem a lancha estará funcionando.

Vamos acreditar, né?