Este mês a Justiça do Trabalho iniciará as atividades das varas itinerantes no arquipélago do Marajó.
Servidores e a juíza Maria Zuíla estarão nas cidades de Ponta de Pedras, Salvaterra, Santa Cruz do Arari, Cachoeira Arari e Soure.
O objetivo da itinerância é permitir que a população destes municípios possa tirar dúvidas, fazer reclamações trabalhistas e até participar das audiências com o juiz sem precisar se deslocar até a capital, Belém.
No dia 14, de 8h às 12h e 14h às 16h, a equipe estará em Ponta de Pedras, quando os moradores do município poderão tirar dúvidas e fazer reclamações trabalhistas.
A ida do grupo será dividida em duas etapas. Na primeira etapa, a ser realizada de 13 a 22 de outubro, vão ser tiradas as dúvidas, esclarecidos os direitos trabalhistas e, se for necessário, dada entrada nas reclamações trabalhistas.
Já na segunda etapa, de 9 a 12 de novembro, a juíza da 5ª Vara Trabalhista de Belém, Maria Zuila Dutra, vai às cidades para que sejam feitas as audiências trabalhistas entre patrões e empregados.
Leia mais: www.orm.com.br/amazoniajornal/interna/default.asp?modulo=222&codigo=492913