No Pará, candidato mais votado para a Câmara dos Deputados pode ter registro cassado por compra de votos…Wladimir Costa/PMDB (foto), que conseguiu reeleição como deputado federal, é acusado pelo Ministério Público Eleitoral de oferecer curso de informática com fins eleitoreiros
Segundo a representação, enviada ao TRE em na última sexta-feira, 12 de novembro, o candidato agiu com o apoio do irmão, Wlaudecir Antônio da Costa Rabelo, e de um funcionário de uma rádio em Itupiranga, no sudeste paraense. Alunos do curso de informática confirmaram ao MPE que propaganda feita por carro de som no município informava que Costa era o proprietário da rádio Jovem FM, onde o curso era oferecido.

Fonte: MPF/Pa