Começaram a surgir os verdadeiros motivos da saída dos diretores do Hospital Ophir Loyola, especialista no tratamento do câncer no Pará.

Todos indicados pelo PMDB, inclusive o presidente, João de Deus. Estes diretores são acusados de diversas irregularidades no período que permaneceram no cargo.
O estudo é da comissão especial instituida pela SEPOF, que em seu relatório, apontou os desmandos dos afilhados do Barbalho.

E vem mais coisa por aí, espeeeera!!!