Por Diógenes Brandão, com informações da DOXA 

Registrada no TRE-PA sob o protocolo PA-05803/2018, a nova pesquisa realizada pelo Instituto DOXA foi realizada no período de 12 a 15 de setembro com 1.896 eleitores, entrevistados nas 12 mesorregiões do Estado.
 O nível de confiança utilizado é de 95% e a margem de erro estimada de 2,25% para mais ou para menos. A pesquisa foi encomendada GRAVASOM/A Província do Pará.
 A terceira pesquisa DOXA realizada desde o início oficial da campanha eleitoral 2018, aponta uma mudança em relação as outras realizadas até aqui.
 O líder da pesquisa até então, Helder Barbalho (MDB) está estabilizado na primeira colocação, porém com leve queda de 0,3% em comparação à penúltima pesquisa.
 Já seu principal concorrente, Márcio Miranda (DEM) subiu 1,5% a mais do que na penúltima pesquisa e hoje, mantém em segundo lugar, com uma diferença de 8,9%, em relação a Helder.
 Paulo Rocha (PT), tinha 14,1% na penúltima pesquisa DOXA e subiu 0,2%, estando agora com 14,3%.
 Fernando Carneiro (PSOL) tinha 2,5% e hoje tem 3,7% das intenções de voto. Ou seja, cresceu 1,2%.
 Já Cleber Rabelo (PSTU) tinha 1,4% e hoje tem 2,1%. Um crescimento de 0,5%.

Fonte: AS FALAS DA PÓLIS