Foi premiado na IV Mostra Amazônica do Filme Etnográfico, realizada de 27 a 31 de outubro em Manaus, o documentário “Salvaterra – Terra de Negro”. Dirigido por Priscilla Brasil, o filme mostra a luta de uma comunidade quilombola do Marajó pela posse da terra e pela preservação de sua identidade cultural. “Salvaterra – Terra de Negro” foi realizado pelo Instituto de Artes do Pará (IAP) em parceria com a Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh).

FONTE: IAP