O detento foi regatado e escapou de morrer afogado 

Um presidiário sob a custódia de agentes prisonas que estava em Breves, onde participou de audiência na Comarca do município,  e retornava para Belém na noite desta terça-feira em um dos camarotes do navio Bom Jesus, aproveitando o descuido e a oportunidade que teve de estar sem as algemas, pulou nas águas barrentas do rio Pará, às proximidades da cidade de Curralinho, no Marajó.
De acordo com informações repassadas ao blog por um passageiro, o preso pulo na água com a intenção de fugir, mas ficou desorientado e após 30 minutos de buscas, agentes prisionais, policias e a tripulação da embarcação conseguiram fazer o resgate do custodiado.

Com a ajuda da tripulação do navio, o preso foi localizado após 30 minutos de buscas.

Temia-se que o preso, por ter que viajar com algemas nos pés e mãos, morresse tragado pela forte correnteza do local aonde imergiu, mas para surpresa de todos, apenas os pés estavam algemados.
Reconduzido ao camarote da embarcação, o preso, que não teve seu nome relevado, seguiu viagem para Belém.