Extraído do Blog da Edilza Fontes

A maior preocupação do Ministério Público no processo eleitoral deste ano é a compra de votos, em suas várias formas, além do abuso de poder, caracterizado muitas vezes pelo uso da máquina pública por prefeitos candidatos à reeleição para conseguir votos, como afirma o procurador regional eleitoral, o maranhense Igor Nery Figueiredo.
 Nery diz que o Ministério Público Eleitoral tem o dever de fiscalizar o processo eleitoral, mas a sociedade precisa estar alerta e ajudar a monitorar a campanha eleitoral. Nesta entrevista à repórter Aline Brelaz, do DIÁRIO, o procurador eleitoral faz um alerta aos candidatos e partidos: “Não basta ganhar as eleições. Eleições não admitem o vale-tudo. Esses últimos acórdãos do TRE/PA e pareceres do MPE têm demonstrado isso, de que quem vence eleições utilizando-se de ilicitudes em algum momento terá seu diploma cassado, sua inelegibilidade declarada”.

Leia a entrevista: AQUI