A CNBB lançou edital para contratar 01 secretário e 01 advogado para atuar no projeto ‘ Amar a vida” que combate a exploração sexual de crianças e adolescentes no Marajó. Os profissionais serão remunerados com recursos provenientes do convênio com a Secretaria Especial de Direitos Humanos da Presidência da República.
Os interessados deverão procurar a sede da CNBB em Belém até o dia 26 para fazer sua inscrição