A Delegacia de Polícia Fluvial (Depflu) vai intensificar as ações de combate aos crimes nos rios do Estado em 2012. A informação foi dada nesta quarta-feira, 25, pelo delegado Samuelson Igaki, titular da Dpflu. Ontem, a unidade policial efetuou o primeiro procedimento de prisão em flagrante lavrado na sede da Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), onde está sediada a Depflu. O comandante do navio “Almirante do Mar”, Manoel Noronha dos Santos, 62 anos, foi preso após ser flagrado na condução na embarcação com excesso de passageiros pela Marinha do Brasil, durante abordagem na região do furo do Carnapijó, perto de Barcarena, nordeste do Estado.

Manoel foi apresentado na DRCO, pela manhã, para ser autuado em flagrante por crime de atentado contra segurança de transporte fluvial, de acordo com o artigo 261, parágrafo 2º, do Código Penal, com pena prevista de 2 a 5 anos de reclusão. Ele permanece recolhido na DRCO. De acordo com o delegado, o navio foi fretado pela empresa Universal Transporte e Navegação Ltda. O barco faz viagens duas vezes por semana de Belém para Macapá, no Amapá, com saída do porto Palmeiraço, no bairro da Cidade Velha. A embarcação tem capacidade para 326 passageiros, mas estava transportando, no momento da abordagem da Marinha do Brasil, 360 pessoas, ou seja, com excedente de 34 pessoas a bordo. Manoel já foi autuado no ano de 2006, pelo mesmo crime, na Depflu. Na época, ele era o comandante da embarcação “Arca da Aliança de Anajás”.