A Fundação Santa Casa de Misericórdia do Pará informa o boletim médico da tarde desta segunda-feira, 2, sobre a saúde dos gêmeos siameses. Os gêmeos apresentaram piora clínica na noite de 31 de dezembro, com necessidade de ventilação mecânica. No momento o estado de saúde é grave, eles estão em uso de drogas vasoativas para melhorar o desempenho do coração, realizam vários exames e aguardam resultados.

O estado de saúde das meninas escalpeladas: a criança C.M.S, de 10 anos, vinda do município de Portel, arquipélago do Marajó, apresenta fratura no úmero esquerdo, fez programação de cirurgia para amanhã, recebeu sangue e antibióticos, aguarda novas avaliações médicas, e já foi acolhida pelo Programa de Assistência Integral às Vítimas de escalpelamento (Paives). A dolescente A. G. M, de 13 anos, vinda do município de Oeiras do Pará, nordeste do Estado, está com estado de saúde estável, apresenta exposição de calote craniano parcial, fez uso de antibióticos, aguarda avaliação médica mais detalhada que está agendada para amanhã. A menor também foi acolhida pelo Paives.