Extraído do Blog do Bordalo

Governo Jatene recusa trabalhar em conjunto com prefeitura do PT no Marajó

No Pará entram muitos recursos, do governo federal, governo da companheira Dilma, do PT, para ações de saúde. Os estados e municípios participam com uma pequena contrapartida financeira e a saúde tem que chegar a todos os municípios e compartilhada pelo Estado e pelas prefeituras. Essa é a atitude republicana, correta e de quem se preocupa com a saúde da população.

Como o desgoverno Jatene não tem verdadeiro apreço pelo povo do Pará, saiba o que aconteceu com a população de São Sebastião da Boa Vista, que é governada pelo companheiro Getúlio Brabo e a bela cidade do meu companheiro e ex-prefeito Laércio Pereira, ambos do PT. Logo após o carnaval, o governo do Estado, via Pro Paz, coordenada por Isabela Jatene, filha do governador, vai fazer uma ação cidadania nos municípios do Marajó. A ação inclui exames médicos, entre outros aspectos.

Ciente da ação, o prefeito de São Sebastião de Boa Vista, o prefeito Getúlio Brabo ofereceu os hospitais municipais para as ações de saúde. O governo – via Pro Paz – recusou e optou por fazer os exames médicos em escolas estaduais, quem sabe para não dividirr os louros de uma ação de cidadania com o PT. A atitude revela um estilo pouco republicano, mesquinho e de alma pequena, apequenada e que não sabe conviver com a diversidade, não tem espírito democrático. Lamento pela população de São Sebastião da Boa Vista!

Do ponto de vista prático, fico imaginando, como disse no meu twitter, como as mulheres farão seus exames ginecológicos em escolas. Não seria bem mais adequado o espaço, pessoal e equipamentos do hospital municipal? Ou não pode ser, por que o governo é do PT?

Se cumprisse essa rigidez fora de propósito em tudo, o governo deveria recusar os recursos do governo federal, pois este está nas mãos do PT.

Nada mais me espanta neste desgoverno!

NOTA DO BLOG
O PT às vezes esquece que passou 4 anos à frente do governo do estado, só pode. E o nobre deputado Carlos Bordalo, articulador da manobra pra tirar o PMDB de SSBV da disputa à prefeitura, se faz porta-voz do desespero da gestão petista. É claro que o medo é que o PSDB no município se capitalize politicamente com a ação do PROPAZ na cidade.
É muito estranho este medo repentino, muito estranho….