Com a falta de transparência da gestão inePTa em SSBV, temos que continuar indagando por aqui mesmo e provocar a curiosidade do boavistense. Como não poderia deixar de ser, a tão sonhada Agência do Banco do Brasil em SSBV ( na verdade será apenas um PAB-Posto de Atendimento Bancário) que possivelmente traria desenvolvimento pra cidade, vai custar caro aos cofres municipais, ou seja, dinheiro do povo.
A cessão de uso ou doação do prédio  onde será instalada a agência e que a prefeitura está gastando em torno de R$ 85 mil para reformar ( custo correto não pudemos mostrar, pois, a placa da obra sumiu !), geram algumas dúvidas nos boavistenses:
1- O maior banco estatal do Brasil não teria condições de custear esta reforma?
2- E correto utilizar dinheiro público em imóvel de particular ?
3- Se será apenas um PAB ( como é o do BRADESCO), não seria melhor alugar um prédio? PS: o BRADESCO paga  R$ 600,00/mês

Com a palavra o banco e os “açeçores” da prefeitura