Os pertences das vitimas também foram recuperados.

As  polícias Civil  e Militar prenderam hoje os piratas que invadiram na noite de ontem (02( a residência do homem identificado como Valdinei Souza Santos, de 36 anos.  A casa fica no rio Jacundá, zona rural do município de Bagre, no Marajó.

Segundo a vítima os criminosos amarraram todos os moradores e, além das agressões físicas a esposa de Valdinei, de 34 anos, foi abusada sexualmente pelos criminosos. Os piratas fugiram levando diversos pertences da família.
As vitimas conseguiram chegar na cidade por voltar das 14h de hoje (03)  para informar os fatos, e de posse dessas informações os policiais do município fizeram diligências até prender os suspeitos identificados como Moisés dos Santos Sousa , 33 anos; Adelson Tavares da Silva,36 anos , vulgo “Matador” e Adilson Neres de Sousa, 18 anos, vulgo “Kayto” que confessaram o crime, e de posse deles foram recuperados os  objetos subtraídos das vítima.
Todos os acusados e objetos recuperados foram apresentados na Uipp Bagre para providências cabíveis.

Fonte: Portal Marajó.