A Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa) e a Prefeitura de Bagre, na ilha do Marajó, assinaram, na última sexta-feira (6), convênio de cooperação para início do processo de concessão dos serviços de água e esgoto do município. O documento foi assinado na sede da Cosanpa, em Belém, pelo prefeito de Bagre, Nilson Farias, e o presidente da Cosanpa, José Antonio De Angelis.

“Estou muito feliz por conseguir dar essa oportunidade para os moradores de Bagre, eles finalmente vão ter acesso a água tratada. O Marajó é a maior ilha fluvial do mundo e o nosso maior problema é água potável. Eu fiz uma pesquisa em Bagre com a população e o problema número um deles é a falta de água potável, e agora com o apoio da Cosanpa essa situação vai mudar”, disse Nilson Farias.

Engenheiros da Cosanpa já foram até o local para fazer um estudo das melhorias necessárias no sistema e, assim, atender às necessidades da população na questão de abastecimento de água. De acordo com a prefeitura, aproximadamente 15 mil habitantes vivem na área urbana do município.

O presidente da Companhia, José Antonio De Angelis, destacou que a parceria entre os municípios e a Cosanpa significa avanços na área de abastecimento de água e tratamento de esgoto para todo o Estado.

“O governador está muito empenhado em agregar novas cidades a Cosanpa e temos condições de melhorar o saneamento básico de muitas delas. Para nós, é muito importante ter Bagre sendo atendida e vamos fazer o que tiver ao nosso alcance para dar boas condições de vida aos moradores” – José Antonio De Angelis, presidente da Cosanpa.

Com a assinatura do convênio com Bagre, a Cosanpa passará a operar os sistemas de 55 cidades no Pará. A cooperação é o primeiro passo que a Prefeitura precisa dar para conceder ao Estado a competência para cuidar da distribuição de água e atendimento do esgoto, que originariamente é de responsabilidade municipal.

Fonte: AGPA