Reproduzo o relato de uma boavistense que mora em Belém e veio em companhia de uma outra boavistense visitar a terra natal em janeiro deste ano..

Um desentendimento familiar resultou em grave agressão a uma delas. Procuraram a polícia para prestar queixa, foram bem atendidas e encaminhadas ao Hospital Municipal de SSBV para exame de corpo de delito..

Aí começa o pesadelo das visitantes.. Certas de que seriam atendidas e, com o resultado do exame poderiam processar a agressora.. Mas, foram informadas pelo funcionário ( Atendimento/Triagem) que: “- Só podemos fazer o exame em casos de estupro ou agressão muuuuito grave”.. É isso aí, pasmem… As duas voltaram à delegacia sem a realização do exame..
Mais uma vez foram orientadas a procurar o hospital pra realizar o exame naquele mesmo dia, aí, desta vez a resposta do “servidor” do hospital foi a seguinte: –” Se vocês quiserem voltem semana que vem ” .. isso mesmo…
So pra concluir, as duas boavistenses voltaram para a capital, agredidas fisicamente e moralmente, mas, prometem retornar e exigir explicações dos responsáveis….
NOTA DO BLOG
O blog preferiu não citar nomes neste post, mas, fica à disposição para maiores esclarecimentos por parte da gestão municipal..