A cada dia que passa estamos mais convictos da necessidade de um novo rumo ( de verdade) para a Veneza do Marajó. As coisas chegaram à patamares insustentáveis. Não há como crer que uma nova oportunidade para o atual grupo que comanda a cidade há 8 anos, seja salutar…

E não é o que contam, é o que se vê, e o que é pior, o que ainda não se pôde ver…
Carta aberta (1ª parte) ao prefeito de São Sebastião da Boa Vista, Getúlio Brabo
“Hoje você é quem manda, falou tá falado, não tem discussão, não !
A minha gente (boavistense) hoje anda falando de lado e olhando pro chão, viu ?”
Caro companheiro
Volto no tempo pra lembrar de como era empolgante ser oposição responsável neste país. Início dos anos 90 quando Lula acabara de ser derrotado para o Collor e este pais caía em descrédito mundial.
Pois é, desde aquele tempo lhe via com esperança pro povo sofrido de nossa terrinha
Sua reputação ilibada, construída com muito trabalho ao lado de pais e irmãos, lhe referendava a assumir papel tão importante nesta cidade..
Seus anos de vereança lhe deram visão crítica, proporcionaram conhecimento de causa e direcionaram ideais
Enfim chegou a oportunidade…. 2005 seria o ano que as coisas tomariam o tão esperado ” novo rumo”. Dois trabalhadores chegavam ao poder na cidade..
“Eu pergunto a você onde vai se esconder da enorme euforia ?”
Seu papel de coadjuvante neste processo já dava entender que ficavas alheio ao poder do “pereirismo”, mas, fostes importante dentro das políticas públicas para a agricultura no município..
Lá vem o segundo mandato, a dupla que governava a cidade com mãos de ferro já não estava tão unida assim, inclusive existia a possibilidade de não seguir… Tudo que não foi feito no 1º mandato foi jurado aos pés de São Sebastião que seria feito no 2º mandato
“Água nova brotando…”

Taí um trecho da música do Julinho da Adelaide que não cabe à esta humilde carta.. Água de qualidade ainda é sonho distante.. Mas, não vou usar esta oportunidade pra elencar o que não foi feito, pois, precisaria de muito mais espaço…
Continuando, chegou 2010 e a esperança de muitos de seus seguidores por dias melhores finalmente virou realidade… Mas, fuen, fuen, fuen… Só a cadeira mudou de dono.. O dorso do “pereirismo” continuou a comandar a cidade… Enfim conseguistes com sua visão lúdica de “ser prefeito” decepcionar milhares de boavistenses…
Mas, temos a certeza que não tens culpa disso, seu pouco pragmatismo foi facilmente substituído pelo “seja o que Sabá quiser”…

“Você vai se dar mal, et cetera e tal, laraia, laraia …”

PS:
1- Devo pedir-lhe desculpas, mas, vamos concluir esta carta em outra oportunidade, faltou trechos das canções de Chico para ilustrá-la.. Aliás, foi saber que seu braço direito (ou esquerdo) é fã dele, que me motivou escrever estas linhas tortas…
2-E se quiseres escolha a canção….
3- Já que as correspondências deste blogueiro não chegam ao senhor, por conta da blindagem digna de grandes estadistas, mandei por aqui mesmo

“Amanhã vai ser outro dia, amanhã vai ser outro dia….”