O Pará Rural – programa vinculado à Secretaria de Estado de Projetos Estratégicos (Sepe) assinou contrato para prestação de serviços de consultoria em projetos nas áreas de produção de açaí, no município de Muaná.
Os projetos extrativistas alvos da consultoria compõem o universo de 14 projetos de investimentos produtivos (PIP’s), considerados pilotos e pré-aprovados pelo Banco Mundial com linha de financiamento e taxa de juros zero. Os recursos financiados para serem utilizados em elaboração de projetos, assistência técnica durante 24 meses e cursos de capacitação profissional nas áreas de gestão e produção, estão na categoria de não-reembolsáveis pelas comunidades rurais.
Outros recursos também na categoria dos não-reembolsáveis são aqueles referentes a financiamentos para recuperação de áreas degradadas com reflorestamento através dos Sistemas Agrofloretasis (SAF’s). Segundo Célia Pinto, gerente de projetos de desenvolvimento local do Pará Rural, estas são “questões estratégicas para a organização e fortalecimento das comunidades rurais nas 12 regiões de integração da Amazônia Oriental – Estado do Pará”.
Agência Pará