Depois de muito debatermos aqui sobre os rumos dados rádio Consciência Rural FM de São Sebastião da Boa Vista, ontem um episódio comprovou o que sempre denunciamos.
A rádio realmente tinha dono. Isso mesmo , “tinha”
A concessão dada à Associação de Rádio Difusão Comunitária “Rádio Consciência Rural do Marajó – FM de São Sebastião da Boa Vista – Pará – ARCCRRURALDOMARAJÓ/FM” a executar, pelo prazo de dez anos, sem direito de exclusividade, serviço de radiodifusão comunitária na cidade de São Sebastião da Boa Vista, foi uma luta de diversas pessoas que percorreram ruas colhendo assinaturas.
Desde que entrou no ar a rádio virou instrumento de proselitismo político e religioso e não cumpre seu verdadeiro papel sóciocultural no município.
Seu “dono”, Raimundo Pereira (Pingo de Ouro),  sempre usou a rádio em benefício próprio e a seu grupo politico ( PT) .. O resultado de tanto poder contraido no comando por quase 6 anos à frente da rádio, rendeu-lhe, além de dinheiro, uma indicação para concorrer à vice-prefeitura na chapa petista.
Porém, ontem (07) o sindicato rural de SSBV, verdadeiro detentor dos direitos de exploração do serviço de rádio-difusão comunitária, solicitou o comando da rádio.
Diversos motivos cercam esta decisão do STTR. Além do uso indevido para fins políticos e comerciais, a rádio em mãos de Pingo de Ouro contraiu uma divida astronômica com a concessionária de energia, e isso já esta causando transtornos ao sindicato.
Em atitude correlata à sua postura à frente da rádio, Pingo de Ouro desligou os equipamentos e os levou , pois, segundo ele, os mesmo eram frutos de seu empenho pessoal e por isso o pertenciam .
Agora, o sindicato rural corre atrás de arrumar novos equipamentos enquanto os antigos não são devolvidos.

Perguntar não ofende: – Você ainda vai fazer parte dessa história ?